Esporte

Após suspensão do STJD, Atlético-GO não terá atacante contra o Vitória

O atacante Luiz Fernando, do Atlético-GO, junto ao presidente Adson Batista e o funcionário Paulo Marcos, mascote do clube, foi suspenso nesta terça-feira (14), pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Imagem de destaque da notícia
O atacante Luiz Fernando, do Atlético-GO, junto ao presidente Adson Batista e o funcionário Paulo Marcos, mascote do clube, foi suspenso nesta terça-feira (14), pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O julgamento se deu baseado no artigo 243-F do CJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que configura "ofensa à honra" da arbitragem, ocorrida na derrota por 2 a 1 para o Flamengo, na primeira rodada da Série A.

O gancho do atacante é de quatro jogos com multa de R$ 2 mil e com a suspensão, Luiz não enfrenta o Vitória, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Além do Leão, Corinthians, Fluminense e Criciúma são as outras equipes que o atleta também não irá enferntar. O clube ainda deve entrar em recurso para reverter a situação.

O Atlético-GO ainda não triunfou no Brasileirão e vive mesma situação queo Vitória, com apenas um ponto, amargando a penúltima colocação na tabela. O Dragão volta a campo no sábado, às 16h, no Estádio Manoel Barradas.

Comentários

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis