Esporte

Maioria dos clubes da Série D do Brasileiro quer a continuidade do campeonato, diz site

Enquanto mais da metade dos participantes da Série A do Campeonato Brasileiro é favorável à paralisação devido às enchentes no Rio Grande do Sul, a maioria dos clubes da Série D quer a continuidade da competição.

Imagem de destaque da notícia
Enquanto mais da metade dos participantes da Série A do Campeonato Brasileiro é favorável à paralisação devido às enchentes no Rio Grande do Sul, a maioria dos clubes da Série D quer a continuidade da competição. De acordo com o site ge.globo, o desejo foi expressado através do representante das agremiações da quarta divisão, Rogério Siqueira, presidente do ASA.

"Temos conversado bastante, somos todos solidários com toda essa situação que vem acontecendo, inclusive, estamos em campanha para ajudar a todos no Rio Grande do Sul. Mas vale destacar que a Série D é uma competição regionalizada, dividida em oito grupos. Apenas um deles (Grupo 8) tem equipes da região Sul, sendo três do Rio Grande do Sul (Novo Hamburgo, Brasil de Pelotas e Avenida)", afirmou. "Diante disso, esse grupo está com as partidas adiadas e, no caso da Série D, a gente entende que o problema é pontual", completou.

Ainda segundo Siqueira, o posicionamento foi definido através de votação realizada entre os clubes sobre uma possível paralisação. O dirigente ainda ressaltou o impacto financeiro que a interrupção trará.

"A realidade é que os clubes da Série D trabalham com um orçamento apertado, projetado para quatro, cinco meses. Então, uma paralisação do Brasileiro, do ponto de vista financeiro, pode se transformar numa catástrofe para as equipes", disse.

A Série D tem três representantes baianos na disputa. No Grupo A4, o Jacuipense é o quarto colocado na tabela com cinco pontos, quatro a mais do que a Juazeirense, que aparece no sexto lugar. Já na chave A6, o Itabuna é o líder com sete, à frente do Democrata-MG, que tem a mesma pontuação, por ter feito um gol a mais. O trio joga no sábado (18), pela quarta rodada. O Cancão de Fogo será o primeiro a entrar em campo para receber a visita do CSE-AL, às 16h, no Adautão. Uma hora depois, o Leão do Sisal encara o ASA, em Arapiraca. No mesmo horário, o Dragão do Sul pega a Portuguesa-RJ, no Luso Brasileiro.

Comentários

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis