Site Universitarias club

Descaso

Prado: Vereador denuncia descaso do executivo municipal com reformas do Hospital Municipal

Imagem de destaque da notícia

O vereador Dr Wanderson, representante do município do Prado, fez uma grave denúncia durante a sessão da câmara municipal desta semana. Ele criticou duramente o Poder Executivo Municipal pela condução das obras de reforma e ampliação do Hospital Municipal do Prado, destacando a significativa demora na conclusão dos trabalhos.

De acordo com o vereador, as obras, que deveriam ser finalizadas em um prazo de seis meses a partir do seu início, já se estendem por mais de dois anos. Essa prolongada execução tem deixado a população do Prado desassistida no que se refere aos serviços de saúde pública oferecidos pelo hospital. Dr Wanderson apontou que a morosidade na conclusão das obras prejudica o atendimento e a capacidade do hospital de fornecer cuidados adequados aos cidadãos.

Segundo o vereador, já foram gastos mais de 2 milhões de reais nas obras, que deveriam ser concluídas em seis meses, mas que se arrastam por mais de dois anos, ainda longe de serem finalizadas.


Além da questão das reformas, Dr Wanderson também denunciou a falta de medicamentos básicos e de controle nas farmácias coordenadas pela Prefeitura do Prado. Segundo ele, a ausência desses medicamentos essenciais agrava ainda mais a situação de vulnerabilidade da população, que depende do sistema público de saúde para o tratamento de diversas condições médicas.

"É inadmissível que o Executivo Municipal trate com tanto descaso um setor tão vital como a saúde. A população do Prado está sofrendo, e precisamos de uma resposta urgente e efetiva para resolver esses problemas", declarou o vereador durante seu pronunciamento.

O vereador também criticou o uso inadequado de recursos públicos, destacando que enquanto milhões são gastos em festas e eventos que beneficiam a imagem dos governantes, a saúde da população é negligenciada. Ele ressaltou que, embora as festividades sejam importantes para a cultura e o lazer, a prioridade deve ser a saúde pública, que tem sido deixada de lado em detrimento de interesses políticos e pessoais.

O vereador pediu a intervenção do Ministério Público e do Poder Judiciário na gestão do município do Prado para evitar situações de uso indevido de recursos públicos e descumprimento de prazos, especialmente no contrato de reforma e ampliação do Hospital Municipal do Prado.

A denúncia do vereador Dr Wanderson levanta questões importantes sobre a gestão dos recursos e a eficiência do Poder Executivo Municipal na administração das obras públicas e na garantia de acesso a medicamentos. A população do Prado aguarda respostas e soluções para a crise na saúde municipal. A prefeitura ainda não se pronunciou oficialmente sobre as acusações.

Comentários

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis