Tribuna

Com saída do PP da base, PT contra-ataca e sonda aliados de ACM Neto para compor chapa

Por PRADO AGORA em 15/03/2022 às 10:22:11

Depois de perder João Leão e o PP da sua base, o PT quer tirar nomes de peso do grupo de ACM Neto (UNIÃO) para responder à altura o golpe levado. O nome da vez é o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo. Na noite da última segunda-feira (14), após o rompimento oficial de Leão, Zé Ronaldo recebeu uma ligação do grupo petista o convidando-o para ocupar o lugar de vice na chapa com Jerônimo Rodrigues (PT). O PT não confirma a sondagem.

Sozinho, Zé Ronaldo tem 15 prefeituras na mão dele, incluindo a segunda maior cidade da Bahia, Feira de Santana. Com a ida de Leão para a chapa, o ex-prefeito perde o espaço que lhe tinha sido prometido por Neto. Desde 2017 ele segue em aliança com o ex-prefeito de Salvador, tendo inclusive disputado e perdido o governo do estado em 2018 contra Rui Costa.

Em 2017, Jaques Wagner chegou a dizer abertamente que as portas da base governista estavam abertas para Zé Ronaldo. Na época, as informações de bastidores era que o feirense poderia se filiar ao PSD, partido do senador Otto Alencar, e ganhar uma vaga na majoritária.

Em conversa com o Metro1, nessa terça-feira (15). Zé Ronaldo afirmou que segue acreditando no projeto de ACM Neto na expectativa de ser o segundo nome da majoritária.

Neto, no entanto, deve ceder o lugar de vice para o prefeito de Mata de São João, João Gualberto (PSDB).

Fonte: Metro1

Comunicar erro

Comentários