Tribuna

Corpus Christi: fiéis da cidade de Prado se reúnem para ornamentar a Avenida 02 de Julho com tapetes simbólicos

Por PRADO AGORA em 16/06/2022 às 13:09:32

A celebração do Corpus Christi, que do latim significa Corpo de Cristo, acontece nesta quinta-feira, 16. O objetivo da festa, celebrada 60 dias após a Páscoa, é comemorar "solenemente o sacramento do Corpo e do sangue de Jesus Cristo".

Em Prado, fiéis se encontram tradicionalmente na Avenida Dois de Julho para ornamentarem a via com tapetes desenhados com símbolos bíblicos e eucarísticos. Na sequência tem celebração de Missa e procissão.


A celebração teve origem em 1243, em Liège, na Bélgica, no século XIII, quando Cristo teria aparecido a freira Juliana de Mont Cornillon (através de visões) e demonstrado a vontade de que o mistério da Eucaristia (a Eucaristia é um dos sete sacramentos e foi instituído na Última Ceia, quando Jesus disse: "Este é o meu corpo… isto é o meu sangue… fazei isto em memória de mim") fosse celebrado.

A festa foi estendida para toda a Igreja em 1264, quando o papa Urbano IV através da Bula Papal "Trasnsiturus de hoc mundo", pediu a Santo Tomás de Aquino que preparasse as leituras e textos litúrgicos a serem lidos durante a celebração, os quais ainda hoje, são usados.

No Brasil

No Brasil, a festa passou a integrar o calendário religioso de Brasília, em 1961, quando uma pequena procissão saiu da Igreja de madeira de Santo Antônio e seguiu até a Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima. A tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, cidade histórica do interior de Minas Gerais.

A celebração de Corpus Christi consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento.

A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento esse povo foi alimentado com maná, no deserto. Hoje, ele é alimentado com o próprio Corpo de Cristo.

Durante a Missa o celebrante consagra duas hóstias: uma é consumida e a outra, apresentada aos fiéis para adoração. Essa hóstia permanece no meio da comunidade, como sinal da presença de Cristo vivo no coração de sua Igreja.

Comunicar erro

Comentários