Site Universitarias club

Cidades

Suruba é revelada após tiroteio em motel na Bahia; entenda o caso

Uma "suruba" foi revelada, nesta segunda-feira (20), após uma série de disparos de arma de fogo dentro de um motel em Feira de Santana.

Imagem de destaque da notícia
Uma "suruba" foi revelada, nesta segunda-feira (20), após uma série de disparos de arma de fogo dentro de um motel em Feira de Santana. Entre os envolvidos no caso estão duas menores de idade, dois homens, a esposa de um dos envolvidos e outras três mulheres.

Segundo a polícia, as oito pessoas foram encaminhadas para a 2ª Delegacia Territorial de Feira de Santana, durante a madrugada, após seguranças do estabelecimento terem acionado uma guarnição policial. A denúncia era de que haviam sido efetuados disparos de armas de fogo dentro de um dos quartos do motel.

Testemunhasm afirmaram que um casal hospedado no hotel foi interrompido pela esposa do parceiro. A descoberta gerou uma discussão seguida de confronto físico entre ambos, até que a mulher encontrou uma arma de fogo, pertencente ao marido, no chão do quarto e efetuou dois disparos.

Após os disparos, foi revelado que em outro espaço do estabelecimento estavam um grupo de cinco pessoas: um homem e quatro mulheres, sendo duas delas adolescentes de 16 e 17 anos. O grupo teria consumido bebidas alcoólicas durante a estadia no motel.

Após encaminhadas à delegacia, seis das oito pessoas foram detidas em flagrante: a esposa, que efetuou os disparos por arma de fogo; o marido, por posse ilegal de arma de fogo; e os todos os adultos, com exceção da esposa, foram indiciados pelo crime de corrupção de menores. Três das seis pessoas flagradas pelo crime de corrupção pagaram fiança e foram liberadas.

De acordo com a delegada Ludmila Vilas Boas e Santos, titular da delegacia, a esposa disparou a arma também foi indiciada por abandono de incapaz, por ter deixado o filho de quatro anos sozinho em casa durante a incursão contra o marido.

A polícia informou que as mulheres que estavam no motel com os homens, incluindo as adolescentes, são parte de um grupo que frequenta bares e restaurantes de Feira de Santana. A delegada relatou ainda que o encontro das pessoas ocorreu em um pagode e decidiu seguir para o motel.

Ao site Acorda Cidade, a polícia explica que a esposa de um dos homens decidiu flagrar o marido alugando um quarto no motel e acompanhando a situação. O quarto alugado ficava em frente ao quarto em que o marido estava. No momento em que ela ouviu o amigo chamar pelo nome dele e a porta se abriu, ela conseguiu entrar no local, flagrando o marido com uma mulher e assim efetuou os disparos com a arma que encontrou no chão.

Ludmila destacou ainda sobre a importância da fiscalização efetiva com relação às pessoas que frequentam hotéis e motéis. Segundo a delegada, nenhuma das pessoas envolvidas na portava documentos.

Comentários

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis