Atlético de Alagoinhas bate o Bahia de Feira e conquista seu primeiro título do Campeonato Baiano

Por Antonio Carlos em 24/05/2021 às 07:51:54

Reprodução TVE

O Atlético de Alagoinhas conquistou seu primeiro título do Campeonato Baiano, em 51 anos de história, ao vencer o Bahia de Feira por 3 a 2, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana, na tarde deste domingo. Essa é a primeira decisão, desde 1968, que tanto Bahia quanto Vitória ficam de fora.

Assim como no primeiro jogo da decisão, não faltou emoção. O Bahia de Feira saiu na frente, mas o Carcará conseguiu a virada ainda no primeiro tempo. Quando estava com um jogador a menos na segunda etapa, o Atlético fez o terceiro gol. O Tremendão diminuiu aos 44 minutos, mas não havia mais tempo para levar a decisão para os pênaltis.

O jogo:

O Bahia de Feira abriu o placar aos 18 min do primeiro tempo. O meio campista Cazumba bateu escanteio e a bola acabou batendo nas costas do zagueiro Iran, do Atlético, e parou no fundo das redes. Iran estava tentando marcar o zagueiro adversário, Eduardo, no momento do gol contra.

O Carcará não se abateu e seis minutos depois conseguiu empatar. Iran se redimiu do gol contra e empatou ao desviar a bola de cabeça, oriunda de cobrança de falta da intermediária cobrada pelo meia Dionísio.

Em contra-ataque, Dionísio disparou do meio de campo e chutou da entrada da área. A bola bateu na mão do lateral direito Wesley e o árbitro Marielson Alves Silva marcou o pênalti. O atacante Ronan bateu com categoria no canto direito, deslocando o goleiro e decretou a virada para o Atlético.

O segundo tempo teve mais emoção e intervenção do VAR (árbitro de vídeo). Aos 14 min, o VAR chamou o árbitro Marielson para rever um lance de falta no meio de campo, que Gilmar recebeu cartão amarelo. Marielson reviu o lance, anulou o amarelo e aplicou o cartão vermelho direto.

O Bahia de Feira foi para cima e aos 22 min Tico bateu da entrada da área e Fábio espalmou para escanteio, em grande defesa. Aos 24 min o Carcará respondeu. Um cruzamento rasteiro na área e o meia Dionísio apareceu no segundo pau e tocou para fazer o gol, ampliando o placar para 3 a 1.

O Tremendão foi para o tudo ou nada e, aos 44 min, Ricardo cruzou e Pelé diminuiu de cabeça para o Bahia de Feira. O árbitro deu mais seis minutos de acréscimo, mas o Carcará se segurou e conquistou seu primeiro título estadual.

Fonte: Metro1

Comunicar erro

Comentários