BORA PRADO

Novo relatório da Sesab confirma dobro de casos de Febre do Oropouche na Bahia

Apenas uma semana após divulgar dados que mostravam nove casos da Febre do Oropouche, na Bahia, em todo o ano, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) confirmou, nesta terça-feira (2), que 19 casos foram detectados em municípios baianos.

Por PRADO AGORA em 02/04/2024 às 18:06:26

Apenas uma semana após divulgar dados que mostravam nove casos da Febre do Oropouche, na Bahia, em todo o ano, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) confirmou, nesta terça-feira (2), que 19 casos foram detectados em municípios baianos. Todos eles fazem parte do mesmo período investigado pela pasta.

Do total, nove são na cidade de Valença, no Sul baiano, e dez são no município de Laje, no Vale do Jiquiriçá. No último relatório, a pasta havia informado que as notificações são atípicas, já que a doença não é considerada endêmica na região. Não foi registrado transmissão direta entre pessoas.

A Sesab informou que mesmo com os casos confirmados, não há indicação de uma ameaça iminente à saúde pública, considerando o caráter não epidêmico do vírus na região. A Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado está realizando investigações complementares para compreender melhor o cenário dessa doença na Bahia.

FEBRE OROPOUCHE

A Febre do Oropouche é uma doença viral transmitida no ambiente urbano pelo Culicoides paraensis, conhecido como maruim ou mosquito-pólvora. Os sintomas incluem febre, dor de cabeça e dores musculares, semelhantes aos de outras arboviroses, o que ressalta a importância de um diagnóstico preciso.

Não existe tratamento específico para a Febre do Oropouche, sendo o manejo clínico focado no alívio dos sintomas. O órgão de saúde reforçou a importância do diagnóstico laboratorial para um acompanhamento efetivo dos casos e destaca ações de vigilância epidemiológica para monitoramento da situação.

Fonte: Bahia Noticias

Comunicar erro
anuncie aqui 2

Comentários

anuncie aqui 3